Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Entrevistas

Marta Ferreira

home-slider-top

A sua paixão pelo mundo da comida saudável foi um processo gradual para a afastar de uma má alimentação.

O que não pode faltar no seu frigoríficoco e depensa?
MF: No frigorífi co tenho sempre tomate e pepino (o meu vício em saladas) e ervas aromáticas. Muitos vegetais! São a base das minhas refeições principais. No congelador só há açaí, frutos vermelhos, bananas e pão sem glúten. A fruta que não pode acabar são as bananas e os abacates (salvam qualquer pequeno-almoço, snack e até sobremesa). Na despensa tem de haver batata-doce, óleo de coco, leguminosas, frutos secos e sementes, aveia e farinhas sem glúten e leite de amêndoa. Quem entra na minha despensa diz que em caso de fome muda-se para cá [risos]. São produtos versáteis e permitem fazer uma série de receitas.

Quais os seus pratos preferidos?
MF: Ramen, caril da Malásia, massa com tomate e manjericão e guacamole.

Que cuidados tem com a alimentação?
MF: Não começo o dia sem beber a minha água com limão em jejum.Tenho uma alimentação rica em fi bra e consumo peixe de mar e algum marisco muito de vez em quando. Não consumo trigo nem laticínios, pois reajo mal, e maioritariamente não consumo glúten. Deixei a carne há quatro anos porque enjoei e dura até hoje. De resto, tento sempre adaptar-me!

O que fazer para manter a sua boa forma física?
MF: Antes de mais, tenho a sorte de ter boa genética, e, por isso, quando comia mal era a chamada "falsa magra". Mas treino todos os dias, faço treino funcional ao ar livre (não suporto ginásios), corro uma a duas vezes por semana, junto ao mar, e iniciei o ano passado o crosfit, numa box gigante onde não me sinto fechada.

Dica de alimentação para antes e depois do treino?
MF: Cada corpo comporta-se de maneira diferente, mas defendo que não devemos nunca treinar em jejum (não emagrece, nem faz bem). Antes do treino, a minha "sandes de banana": abro uma banana ao meio, barro-a com manteiga de amêndoa e a minha granola sem glúten, e como-a assim. Ou então uma taça de açaí com banana e granola. Imediatamente a seguir ao treino, tomo uma proteína vegetal misturada só com água. Se for verão, não dispenso as minhas Happiness Bowls (Smoothies de banana e superalimentos).

Suplementos alimentares que não dispensa?
MF: Os meus suplementos são superalimentos. De resto,não tomo suplementação nenhuma. As sementes de chia hidratadas, pelos seus níveis de ómefa 3 e ferro. A matcha, pelo poder de concentração que me dá e por ser rica em Vitamina C. As sementes de cânhamo, pois têm um espetro vitamínico excelente e ficam boas com tudo. Cogumelos Reishi, conhecidos como os cogumelos da longevidade, ao pequeno-almoço diluídos em água (sabe a café). E spirulina em smoothies.

Restaurantes a não perder?
MF: Dentro da alimentação saudável, adoro o Local Healthy Kitchen, em Cascais. Como amante de comida asiática, sou fã do Boa-Bao e do Chutnify, em Lisboa, e do Ro Ramen, no Porto. Para grelhados, a Toscana, em Lisboa. Em petiscos, a Casa de Pasto da Palmeira, do Porto. No estrangeiro, adorei o Hiltl, em Zurique, o paraíso da comida vegetariana! O Mae Deli, da Delicious Ella, o Tonkotsu e o 26 Grains. todos em Londres. E na Tailândia recomendo os mercados de rua, que são óptimos!

Workshops para este mês?
MF: Em Abril espero conseguir dar o primeiro Workshop para crianças (onde são elas que cozinham) e um workshop brunch (pois há muitos pedidos). E como é o mês do meu aniversário, vou finalmente ter férias e viajar!

RECEITA - PUDIM DE CHIA TROPICAL COM GRANOLA MARTILICIOUS
Numa taça, combinar 200ml de bebida vegetal de amêndoa, não adoçada e 2 c. sopa de sementes de chia e misturar com a vara de arames. Juntar 1 c. sopa de mel, 1 c. café de canela em pó e as sementes de 1/4 vagem de baunilha. Misturar novamente e deixar no frigorífico durante pelo menos 2 horas. Antes de servir, misturar novamente, pois as sementes de chia tendem a afundar a taça. Rechear1/2 mamão e decorar com morangos, mirtilos e Granola Martilicious sem glúten de cacau.

Mais entrevistas