Fox & June | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Entrevistas

Fox & June

home-slider-top

Duas bloggers que vale a pena conhecer.

O que não pode faltar no vosso guarda-roupa?
 F. Peças intemporais e confortáveis (adoro macacões!).
J. Jeans confortáveis e t-shirts/camisas brancas. Com um blazer ou ténis são perfeitos para qualquer situação.

O que não pode faltar no vosso frigorífico e despensa?
F. Legumes e muita fruta, aveia e chocolate preto.
J. Leguminosas, muitos vegetais, gengibre e curcuma (poderosos anti-infl amatórios ideais para incluir nos nossos cozinhados nestes meses mais frios).

Que cuidados têm com a alimentação?
F. Não sou muito restritiva nem sigo nenhuma dieta em especial. Gosto de tudo e como o que me apetece. Mas, de uma maneira geral, penso que tenho uma alimentação equilibrada - consumo muitos vegetais e fruta e cada vez menos carne.
J. Estou recentemente a suprimir a proteína animal da minha alimentação. Não sou extremista, mas quero atingir uma meta que estabeleci: que 80% das minhas refeições sejam à base de vegetais, fruta, leguminosas e frutos secos. No fundo, começar a revolução alimentar que não tarda a chegar a todos nós, não só pelas vantagens para o nosso corpo, como para a sustentabilidade.

Qual o país onde se come melhor?
F. Adoro comer (já disse?!) e por isso também gosto muito de viajar pelas culturas de outros países através da comida. Mas dê as voltas que der, é em Portugal que sou mais feliz à mesa!
J. Vou ter de referir três países de onde saí feliz por todos os pratos maravilhosos que comi: Irlanda, Itália e Japão. Para mim, o top 3 de todos os que já visitei.

Quais os restaurantes a não perder, em Portugal e no Estrangeiro?
F. Em Lisboa, a Cevicheria, Fauna&Flora e o Loco (para uma verdadeira experiência gastronómica). Esquina do Avesso, no Porto. Saxon+Parole em Nova Iorque. Cervecería Catalana, em Barcelona.
J. Em Lisboa adoro o Loco, tal como a Francisca, já experimentei duas ementas diferentes e é sempre uma experiência arrebatadora. Outro que me enche as medidas é o Prado. Fora de Portugal, comi a melhor refeição da minha vida no Hafuu Honten, em Quioto.

Um cuidado de beleza que nunca dispensam?
F. Tirar a maquilhagem e limpar a pele ao fi nal do dia e usar um bom creme hidratante todos os dias.
J. Desde há alguns anos percebi que a beleza começa mesmo por dentro e um dos truques que não dispenso é beber muita água por dia. Perfeito para manter a pele hidratada. Depois, quanto mais tivermos uma alimentação saudável, mais a nossa pele reflete todo esse bem-estar interior.

Uma viagem para fazer em família?
F. A que fizemos este verão, a primeira viagem a três (quase quatro, estava grávida de quase oito meses): Grécia. O itinerário e todos os detalhes estão no blogue Fox&June.
J. Fomos aos Açores quando o meu filho tinha sete meses e recomendo vivamente! Perfeito para passear, descansar e aproveitar o esplendor de todo aquele verde. A viagem também está no Fox&June.

Um segredo para o vosso equilíbrio?
F. Ter tempo de qualidade em família, para mim e com amigos.
J. Tempo para mim. Para não fazer nada se for preciso. Silêncio, uma boa chávena de chá (frio ou quente), um livro ou uma sesta.

Um destino que definitivamente as marcou?
F. A Índia, pelos contrastes, pelas cores, pela diversidade, pela diferença. É um país onde quero voltar.
J. A Tailândia. O primeiro país que visitei fora da Europa, a primeira viagem de mochila às costas e o primeiro impacto com uma cultura tão diferente!

Em tempo de Natal que dicas de decoração podem dar?
F. Reutilizar coisas que temos em casa (frascos, velas, livros ou jornais antigos para papel de embrulho) e usar elementos da natureza (pinhas, eucalipto, fruta) para decorar sem gastar muito.
J. Ser minimalista nas decorações, exceto nas luzes, que são tão características desta altura do ano e dão calor ao Natal. Apostar no que a natureza tem para nos oferecer, um passeio pelo parque com os miúdos pode resultar em excelentes motivos de decoração. Este ano vou aproveitar uma caixa cheia de livros muito antigos que tenho guardados dos nossos bisavós e dar uma nova vida ao papel, para fazer embrulhos.

Qual é vosso lema de vida?
F. “Aproveitar o presente” (tento!) e “tudo passa”.
J. Confiar que tudo acontece por alguma razão. Já tive algumas provas disso e assim que percebemos que não podemos controlar tudo, a vida fi ca muito mais fácil.

As paixões da vossa vida são...
F. Viajar, cozinhar, aprender e criar novas coisas.
J. Além do meu filho e do meu marido sou apaixonada por fotografia e pela natureza. Alinhar os quatro traz-me muita felicidade.

 

Mais entrevistas