Sintra | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Destinos

Sintra

home-slider-top

Fim de semana a dois em ambiente romântico

É um dos locais mais aprazíveis e privilegiados de Portugal. Sobre esta vila muito se tem escrito: "Tudo em Sintra é divino. Não há cantinho que não seja um poema", Eça de Queirós, Os Maias; "Sintra é o único lugar do país em que a História se fez jardim", Vergílio Ferreira, Louvar Amar; "[Sintra] daria um bom paraíso no caso de Deus fazer outra tentativa", José Saramago, Memorial do Convento.
Classificada Património Mundial, no âmbito da categoria Paisagem Cultural, desde 1995, esta vila oferece paisagens, edifícios, cantos e recantos que exalam romantismo e convidam a longos passeios a dois numa comemoração ao amor.

SEXTA-FEIRA

Carlos da Maia (em Os Maias) dirige-se para Sintra, na companhia do maestro Cruges, para seguir a sua amada Maria Eduarda. Quando o amigo lhe fala sobre a Lawrence, onde pensa que vão ficar, Carlos responde-lhe: "Nós não vamos para a Lawrence. (...) Vamos para o Nunes, estamos lá muito melhor!" O Nunes que nos perdoe (até porque já nem existe), mas para sentir a "alma" desta vila encantada por onde passaram nomes incontornáveis das letras e das artes, faça marcação para o fim de semana no Lawrence's Hotel, que continua a ser um dos ex-líbris de Sintra ou no Oh Casa.
Ao entrar neste pequeno 5 estrelas de charme, que data de 1764, deparar-se-á com séculos de história e estórias que lhe proporcionarão uma viagem no tempo. Faça o chek-in e aproveite o empo até ao jantar para um pequeno passeio pelo largo da vila, mesmo ali ao lado, entre nas lojas e cafés, aprecie o vaivém dos turistas e locais e respire o ar puro e límpido que chega da serra.
Chegada a hora da refeição, pode regressar ao hotel e desfrutar os sabores eternos de uma gastronomia de exceção que o restaurante desta unidade oferece, ou optar pela Galeria de Arte Orixás, onde os sabores do Brasil se fazem acompanhar por música ao vivo todas as sextas e sábados.

SÁBADO

Se não tem transporte próprio, existem várias maneiras de se deslocar para visitar as belezas da localidade: o comboio turístico, que o leva até S. Pedro de Sintra; os tuk tuk , triciclos motorizados que oferecem uma variedade de circuitos já estabelecidos; veículos ecológicos para duas pessoas, equipados com GPS que descreve os pontos de interesse de três percursos pré-definidos; as charretes que visitam os principais pontos turísticos da vila, e autocarros que fazem circuitos com o sistema hop on – hop off , em que o bilhete é válido durante 24 horas, permitindo um número ilimitado de entradas e saídas. Escolhido o meio de transporte, é hora de descobrir porque Sintra é, como disse o compositor Richard Strauss, "a coisa mais bela que tenho visto".

Castelo dos Mouros.  Construído entre os séculos VIII e IX, está implantado em dois cumes da serra, de onde se desfruta um panorama soberbo que se estende até ao mar. De destacar o serpenteante conjunto de muralhas e torreões que desliza ao sabor do relevo da serra.

Palácio e Parque da Pena. Fruto do génio criativo de D. Fernando II, são o expoente máximo do Romantismo do século XIX em Portugal. O Palácio foi construído para ser observado de qualquer ponto do parque, floresta e jardins luxuriantes com mais de quinhentas espécies arbóreas oriundas de todo o mundo.

Chalet e Jardim da Condessa d’Edla. O chalet foi construído no Parque da Pena, por D. Fernando II e sua segunda mulher, Elise Hensler, Condessa d'Edla, entre 1864 e 1869, segundo o modelo dos chalets alpinos. O jardim envolvente integra exóticas coleções botânicas e miradouros com vistas para o palácio e o Castelo dos Mouros.

DOMINGO

Antes de partir para novas descobertas, passé pela Piriquita para aconchegar o estômago e satisfazer os sentidos com um pequeno-almoço feito com as iguarias que esta casa oferece desde 1862: travesseiros e queijadas irresistíveis. E depois siga viagem.

Palácio Nacional. Constituído por diversos corpos edificados ao longo de sucessivas épocas, o Paço da Vila de Sintra é um dos mais importantes exemplares portugueses de arquitetura realenga. É dominado pelas duas grandes chaminés geminadas que coroam a cozinha e constituem um dos ex-libris de Sintra.

Moradas

Dormir


Lawrence's Hotel
Rua Consiglieri Pedroso 38-40, Sintra
Tel.: 219 105 500


Oh Casa
Rua Gago Coutinho 2, Sintra
Tel.: 218 058 356

Comer


Galeria de Arte Orixás
Avenida Adriano Júlio Coelho, nº7, Sintra
Tel.: 219 241 672


Piriquita
R. das Padarias, 1/7, Sintra. Tel.: 219 230 626

Mais destinos