Luso e Buçaco | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Destinos

Luso e Buçaco

home-slider-top

Ao encontro da serenidade

Os cantos e recantos serenos da vila termal do Luso e a imponente quietude da mata do Buçaco com as suas árvores centenárias, são um verdadeiro convite a dias de lazer a sós, a dois ou em família.

Localizada na vertente ocidental da serra do Buçaco, a vila do Luso é servida pela estação de caminho-de-ferro da Linha da Beira Alta, que tem ligação à Europa, e dista apenas sete quilómetros da autoestrada Lisboa-Porto, com bons e rápidos acessos a qualquer destas cidades, bem como a Coimbra, Aveiro, Viseu, Guarda ou Espanha.

Com origens que remontam a tempos imemoriais, a povoação viu o seu destino começar a mudar quando, em meados do século XVIII, um médico local decidiu aproveitar a excelência das águas existentes e as suas qualidades curativas para começar a fazer ensaios em doenças cutâneas.

Estava dado o primeiro passo para o termalismo no Luso e para isso foram construídas barracas de ramagens, que seriam substituídas mais tarde por barracões de madeira. Em 1849 surge um grande edifício com todos os requisitos necessários para a “cura pela água”. A fama das termas e da sua água puríssima com propriedades terapêuticas (em tratamentos renais, reumáticos, respiratórios, hipertensão ou stresse) cresceu e com ela desenvolveu-se a localidade. A vila de Luso é hoje uma das estâncias termais mais conhecidas em todo o mundo, com um leque de excelentes ofertas a nível de infraestruturas para quem a visita. 

Mas nem só o termalismo é chamariz turístico nesta localidade. Do património arquitetónico destaca-se, por exemplo, a igreja matriz erigida no século XVII e que guarda uma escultura da Virgem com o Menino (Nossa Senhora do Rosário), bem como a escultura da padroeira da terra, Nossa Senhora da Natividade. Na fonte de S. João, ou das Onze Bicas, há uma capela dedicada a S. João Evangelista, cuja edificação remonta ao século XVIII. De referir também alguns edifícios belíssimos que vão pontuando a paisagem, alguns deles hoje transformados em unidades hoteleiras. 

Indissociável do Luso é a serra do Buçaco, que tem grande parte incluída no seu território. Mata densa, ali as árvores impressionam pelo seu porte gigantesco. Existem cedros, abetos, sequoias, tílias, ulmeiros, loureiros, faias, rododendros, fetos gigantes, acácias e freixos, originários da América, da Austrália, dos Himalaias e outros locais do mundo, plantados e cuidados por gerações de monges Carmelitas Descalços, que ali viveram, em clausura e contemplação, por mais de 200 anos, entre 1630 e 1834.

Ao percorrer os caminhos da mata, surgem ermidas que evocam a Via Sacra, capelas votivas, abrigos outrora refúgio dos frades em meditação, pequenos lagos e muitas fontes. O Vale dos Fetos, a Fonte Fria, o miradouro da Cruz Alta e o convento dos Carmelitas Descalços são locais a descobrir neste mundo de nuances verdes onde se respira tranquilidade.

A vila de Luso é hoje uma das estâncias termais mais conhecidas em todo o mundo, com um leque de excelentes ofertas a nível de infraestruturas para quem a visita. 

ONDE Ficar

Há mais de 70 anos que o Grande Hotel de Luso é uma referência na área da hotelaria na zona Centro do país. Localizado na encosta da serra do Buçaco, o belo edifício, da autoria do arquiteto Cassiano Branco, domina a paisagem da vila do Luso. 

Ao longo da sua existência, o hotel soube acompanhar as novas tendências e exigências dos clientes, a quem disponibiliza 132 quartos com decoração requintada, incluindo 12 suites e quartos comunicantes, todos equipados com as comodidades indispensáveis nos dias de hoje. 

Neste espaço, a oferta é grande e variada para que quem ali se hospeda: restaurante, bar com vista para a piscina olímpica (o ex-líbris do hotel), piscina interior, ligação direta à Malo Clinic Luso Termas & Medical Spa, campo de squash, snooker, parque infantil e jardins completam a gama de facilidades e equipamentos que proporcionam verdadeiros momentos de lazer. Os mais pequenos encontram ainda no espaço Luso Kids todo o tipo de jogos e atividades para se poderem divertir.

Aconchegado no sopé da mata do Buçaco, nas Termas do Luso, o Alegre Hotel é um boutique hotel histórico, familiar e intimista. A funcionar num edifício construído em 1859 para casa de férias do Conde da Graciosa, foi requalificado para as funções de hotel em 1939 e desde então tem sido gerido pela família Alegre. 

Maravilhosos edifícios com História abrigam espaços hoteleiros em que apetece ficar para desfrutar de uns dias plenos de tranquilidade.

Este espaço, onde passado e presente se fundem numa simbiose perfeita, disponibiliza 18 quartos de grande dimensão e com todos os confortos, uma piscina, um bar, um restaurante, jardins e magníficas vistas sobre a paisagem circundante. 

No Alegre Hotel os dias decorrem serenos a aprazíveis e para isso muito contribui a equipa de profissionais que se empenha para que os hóspedes se sintam como em sua casa. É a escolha ideal para quem deseja libertar-se do stresse do dia-a-dia e retemperar forças para enfrentar o regresso à rotina. 

A um quilómetro das termas, no topo de uma colina, ergue-se uma casa construída nos finais do século XIX pelo Conde de Duparchy e que depois passou a ser propriedade da família Duarte Figueiredo. Com seis quartos plenos de luminosidade, salas de jantar e de estar com mobiliário e coleções antigas, na Vila Duparchy conforto e qualidade são palavras-chave. O imenso jardim povoado por inúmeras árvores oferece uma vista magnífica sobre o Luso. É um local que convida aos dias de doce lazer e paz interior.

Hotéis de grande porte, hotéis boutique
ou turismo
de habitação: no Luso a oferta é variada e abrange todos os gostos. Difícil vai ser escolher.

ONDE COMER

No coração da mata do Buçaco surge, imponente, o palácio de estilo neomanuelino que foi mandado construir para os últimos reis de Portugal. Hoje está ali instalado o Palace Hotel do Bussaco, um dos mais belos e históricos do mundo, que conta com um restaurante incontornável numa visita à região. Situado na sala de jantar da família real, o restaurante tem o chefe Dionísio Ferreira a reger o seu destino e apresenta uma culinária inspirada no livro de receitas do palácio e da gastronomia tradicional local. Os pratos que Dionísio Ferreira criou para este espaço permitem perfeitas maridagens com os vinhos do Buçaco e utilizam ingredientes que as matas circundantes fornecem. Pregado ao Bussaco branco reservado com essência de figos, salmão em crosta de ervas da mata do Bussaco e tartelete de leitão à Rei D. Carlos são algumas das delicias verdadeiramente palacianas a experimentar.

Na Anadia, a adega design Quinta do Encontro está inserida numa paisagem serena, dominada pelas vinhas e tendo como pano de fundo as serras do Caramulo e do Buçaco. No interior, conta com uma loja, salas de convívio e um circuito delineado para uma visita personalizada à adega. E conta também com um restaurante onde se podem descobrir pratos que aliam a gastronomia regional à vanguardista e menus de degustação com os vinhos da adega, adequados aos mais variados gostos. Com uma decoração intimista, ali pode-se satisfazer o palato com iguarias como carpaccio de polvo, bacalhau com farofa de coentros ou lombinho de novilho. E com marcação prévia, é possível desfrutar de uma refeição com o tradicional leitão da região. 

Espaço sóbrio e confortável, o restaurante Pedra de Sal localiza-se no centro da vila do Luso e acolhe 26 comensais, aos quais se aconselha uma degustação sem pressas para melhor saborearem os pratos que chegam às mesas. A carta aposta sobretudo nos grelhados, com destaque para o porco preto, criado nos montados da planície alentejana; por isso, abanicos, cachaço, secretos, lagartos e plumas do dito animal são escolhas acertadas quando a finalidade é o prazer de bem comer.

No coração da mata do Buçaco surge, imponente, o palácio de estilo neomanuelino que foi mandado construir para os últimos reis de Portugal. 

Moradas

Grande Hotel do Luso

Rua Doutor José Cid de Oliveira, 81,
3050-244 Luso

Tel.: 231 937 937

Alegre Hotel

Rua Emídio Navarro, 2, 3050-224 Luso

Tel.: 231 930 256

Vila Duparchy

R. José Duarte Figueiredo, 148,
3050-235 Luso

Tel.: 231 930 790

Restaurante
do Palace Hotel do Bussaco

Mata do Buçaco, 3050-261 Luso

Tel.: 231 937 970

Restaurante da Quinta do Encontro

São Lourenço do Bairro, 3780-179, Anadia

Tel.: 231 527 155

Restaurante Pedra de Sal

R. Francisco António Dinis, 33,
3050-239 Luso 

Tel.: 231 939 405

Mais destinos