Cerdeira | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Destinos

Cerdeira

home-slider-top

Nesta Aldeia do Xisto situa-se um turismo rural onde impera a criatividade.

A 2h30 de Lisboa e 1h30 do Porto, em plena serra da Lousã, a pequena Aldeia do Xisto da Cerdeira surge tranquila e encantadora, com o perfil desalinhado das casas que descem até ao pequeno regato. O tom dominante do xisto sobrepõe-se a qualquer outro, das encostas e do céu. É neste cenário idílico que surge a Cerdeira – Home for Creativity, um espaço de turismo rural inaugurado em 2012 que tem para oferecer mais do que o refúgio ideal para fugir ao stresse citadino. Ali, a par do conforto das habitações e do contacto com a natureza, a arte é uma presença constante para quem deseje dar largas à sua criatividade. Mas esta unidade hoteleira teve a sua génese, digamos assim, em 1988, como nos conta Catarina Serra, responsável pelo projeto, quando o casal alemão Kerstin Thomas e Bernard Langer chegou a Portugal e se apaixonou por aquela aldeia que, na altura, estava em ruínas e contava apenas com um habitante. "Decidiram ficar, formar família, refazer as suas vidas e começar a reabilitar algumas casas. E a Kerstin, que é artesã e trabalha com madeira, abriu um atelier", diz Catarina. Em 2000, ao esforço de reconstrução juntaram-se Natália e José Serra, pais da nossa interlocutora, e 12 anos mais tarde, a Cerdeira – Home for Creativity (inicialmente designada Cerdeira Village) abria as portas ao público.

"O projeto, que tem uma componente muito forte a nível de sustentabilidade ecológica, inclui nove casas, com capacidade entre duas a seis pessoas (uma delas pode acolher oito, se duas forem crianças). Além das casas, existem as residências, um edifício com três pisos que alberga 12 camas em beliche, cozinha e sala equipadas e dois balneários. Funciona como se fosse um hostel", explica Catarina. Embora em meio rural, conforto dos tempos modernos é o que não falta nestas casas de xisto primorosamente decoradas, cada uma com personalidade própria. Aquecimento central, salamandra, mobiliário de qualidade e cozinhas totalmente equipadas são alguns dos itens que asseguram umas férias de qualidade. Mas desiluda- se quem está à espera de passar horas frente a um televisor ou ligado à Internet. Na Cerdeira – Home for Creativity são "modernices" que não existem. No entanto, parece que, até hoje, ninguém deu por falta delas. Talvez porque o contacto com a arte é uma possibilidade ao alcance de todos: "Há, de facto, quem nos visite para participar nos nossos workshops de figurado em cerâmica, talha em madeira ou confeção de chanfana, entre outros. Temos também um atelier grande para trabalhos em diversas áreas artísticas. E este ano abrimos uma escola de craft", diz Catarina.

Mas quem quiser, pode optar por participar em caminhadas, ir para a biblioteca ler um livro, entreter- se com um jogo ou... não fazer nada e desfrutar desta verdadeira bolha de serenidade. De salientar que durante este mês vale a pena ir até à Cerdeira – Home for Creativity para participar nas oficinas de Natal para pais e filhos que decorrem num espaço acolhedor, quentinho e bem equipado. Nestas oficinas temáticas, as famílias terão oportunidade de criar algo original em conjunto para si próprias ou para oferecer, aprendendo técnicas básicas de cerâmica, talha ou carpintaria sob orientação dos formadores da Cerdeira Arts &Crafts School. (Encontre mais informação sobre estas atividades na página 7 desta revista).

ONDE COMER
TI LENA. Há muito que a fama do restaurante Ti Lena, cuja proprietária é Lisete Dias, ultrapassou as fronteiras da pequena aldeia de Talasnal devido à qualidade da comida tradicionalmente portuguesa feita com produtos endógenos da serra da Lousã que ali é servida. Com um ambiente acolhedor e familiar, com uma decoração rústica, que combina o xisto com a madeira, no Ti Lena as especialidades são o cabrito assado com batatas e castanhas, a chanfana, o bacalhau assado com batata a murro, os negalhos, o arroz de pato e o doce de abóbora. Enquadrado numa paisagem luxuriante e ímpar, é o encontro perfeito entre a natureza e a boa gastronomia.

SABORES DA ALDEIA. Mário Meira Santos e Ana Pinto decidiram, há três anos, embarcar na aventura da restauração e abriram o restaurante Sabores da Aldeia, ao lado do espaço que também exploram, a Loja Aldeias do Xisto do Candal. Sem formação na área da gastronomia, foi a paixão partilhada por ambos pela cozinha tradicional, bem como o gosto pela arte de bem receber, que os levou a dar este passo. Aberto apenas aos fins de semana e feriados no inverno, este espaço de decoração rústica e acolhedora, para cerca de trinta pessoas (mais algumas no verão, quando abre a esplanada), serve sobretudo comida de conforto, despretensiosa e de cariz tradicional e regional, quase toda feita em forno de lenha. Por opção, a carta é curta, mas os sabores estão todos lá, para fazer crescer água na boca. Chanfana, Chanfana, cabrito e entrecosto assados no forno, sarrabulho, bucho, pataniscas de bacalhau, bacalhau com broa e o doce da casa, o talasnico, feito com castanhas, mel e amêndoas e servido com bolas de gelado e licor Beirão são as especialidades a não perder.

INFORMAÇÕES
CERDEIRA - HOME FOR CREATIVITY
Cerdeira, Lousã
Tel.: 911 789 605 | 239 160 799
Site: www.cerdeirahomeforcreativity.com

TI LENA
Talasnal, Lousã
Tel.: 911 932 948 | 933 832 624

SABORES DA ALDEIA
Candal, Lousã
Tel.: 239 991 393

Mais destinos