Facebook Cacela Velha | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Destinos

Cacela Velha

home-slider-top

Com vistas deslumbrantes sobre a ria Formosa e o oceano Atlântico

A cerca de 300 quilómetros de Lisboa e ao dobro da distância do Porto, esconde-se uma das aldeias mais típicas e genuínas do Algarve: Cacela Velha, antes conhecida como Sítio da Igreja. Situada em frente à ria Formosa e ao extenso oceano Atlântico, esta pequena localidade oferece uma das mais deslumbrantes panorâmicas do sotavento algarvio. Some-se a isso a calma que ali se respira (quem procura o Algarve efervescente do turismo de massas vai ter de encontrar outro destino), o património arquitetónico a descobrir, a simpatia das suas gentes, as praias mais do que convidativas, o calor típico da região, a gastronomia irresistível... e o paraíso tem um
 ugar no mapa.
Terra natal do poeta Ibn Darraj al-Qastalli (958-1030), Cacela Velha foi habitada por romanos e ocupada por muçulmanos, tendo então muralhas de defesa. No século XVII, a fortaleza foi reconstruída e hoje é de visita obrigatória, como de visita obrigatória são também a Igreja Matriz da N. Sr.ª da Assunção, o bairro islâmico, a necrópole cristã, o Núcleo Museológico e as Casas da Câmara. A caminho do miradouro, o percurso faz-se por entre casas térreas caiadas de branco com toques de tinta azul, com a serenidade por companhia.
Lá em baixo, as águas cálidas e mansas da praia da Fábrica convidam a longos mergulhos. Quase intocada, selvagem e de uma beleza que lhe valeu ser classificada como uma das mais belas praias do mundo pela revista espanhola Condé Nast Traveler, para lá chegar é necessário ir no barco de um dos pescadores locais (a troco de uma pequena quantia) através da ria Formosa ou esperar pela maré baixa e fazer a travessia a pé.

Conversas de Alpendre

A pouco mais de três quilómetros desta aldeia ergue-se o turismo rural Conversas de Alpendre, também este, à semelhança de Cacela, um retiro escondido nesta zona do Algarve. Aqui, a hospitalidade tem as portas bem abertas e serve-se a toda a hora, temperada com doses ilimitadas de simpatia e conforto à prova de stresse. Tudo envolvido numa atmosfera tranquila, onde apetece ficar e ficar e ficar... A ideia para este Conversas de Alpendre surgiu em 2016, com o nascimento de Francisco, filho de Marta e Tiago, os proprietários do turismo rural. A nova vida que chegou à família levou-os a mudar as suas vidas e não hesitaram em deixar Lisboa e os respetivos trabalhos para embarcarem na aventura da hotelaria, dando assim forma a um sonho que tinham.
 Esta é uma das histórias que, qualquer hóspede que o deseje, pode ouvir ao pormenor das suas próprias bocas, durante uma conversa tida ao sabor das horas que passam num recanto confortável do alpendre. E falando em conforto, isso, como já se disse, é algo que não falta neste local. Os vários espaços ao dispor de quem ali fica conjugam harmoniosamente rusticidade e sofisticação, com madeiras, têxteis e azulejos típicos portugueses. As quatro suites e o apartamento familiar disponíveis estão todos plenamente mobilados e possuem todas as comodidades necessárias para uma estadia memorável. A sala comum, além da biblioteca e do bar, é o espaço onde são servidos os pequenos-almoços regionais, para que os dias comecem com os sabores do melhor que o Algarve tem para oferecer.
Fora de portas, o apelo da natureza é forte, o ar é puro e as árvores de fruto, as oliveiras e as alfarrobeiras centenárias embelezam a paisagem. E a piscina de água salgada não deixa ninguém indiferente, oferecendo um claro convite para quem deseje refrescar-se do sol quente do verão.
Mediante marcação, de terça a sábado, o Conversas de Alpendre prepara jantares para os seus hóspedes. Quem deseje passear pelas redondezas, pode também optar por almoçar ou jantar no restaurante marisqueira Fábrica do Costa, especializado em peixe grelhado e mariscos, ou no restaurante Casa da Igreja, ideal para quem gosta de petiscos e mariscos.

INFORMAÇÕES
Conversas de alpendre
Estrada de Santa Rita, 36, Vila Nova de Cacela
Tel.: 912 972 737

Fábrica do Costa
R. de Fábrica, Cacela Velha
Tel.: 281 951 467

Casa da Igreja
R. de Cacela Velha, 2, Cacela Velha
Tel.: 289 952 126

Mais destinos

Declaração de Cookies