Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Alimento Autêntico

Óleos saudáveis

home-slider-top

novos sabores às suas receitas

Óleo de grainhas de uva
Durante muito tempo, o óleo de grainhas de uva foi encarado apenas como um subproduto da indústria do vinho. Mas pesquisas recentes que revelaram os seus benefícios para a saúde trouxeram-no para as luzes da ribalta.

BENEFÍCIOS: Muito rico em polifenóis, flavonoides e ómega 6, é também uma boa fonte de vitamina E e de ácido oleico. Possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, contribuindo também para a normalização dos níveis de colesterol sanguíneo. Pode ainda ser útil para a manutenção do bom estado da pele.

USOS CULINÁRIOS: como emulsiona muito bem, é ótimo para pastas e molhos. Pode também ser usado para fritar.

Óleo de Coco

É uma das paixões do momento, sobretudo o não processado, muitas vezes designado óleo extra virgem. É ótimo para utilizar na cozinha, solidifica abaixo dos 210C e pode ser guardado durante bastante tempo sem se estragar.

BENEFÍCIOS: os seus triglicéridos de cadeia média têm um comportamento diferenciador no organismo, razão pela qual tem vindo a ganhar destaque. Rico em ácido láurico, é uma eficiente fonte de energia para o organismo. Funciona igualmente como um poderoso hidratante para a pele, cabelo e lábios.

USOS CULINÁRIOS: pode ser usado em praticamente tudo, desde que com moderação, dos refogados leves aos assados a baixas temperaturas. É bom para barrar no pão, para temperar saladas e para misturar em smoothies.

Óleo de Sésamo
O óleo de sésamo (ou gergelim) é apreciado por toda a Ásia. Com um ponto de fumo médio- alto, é uma ótima opção para usar no wok, mas sem refogar.

BENEFÍCIOS: rico em gorduras mono e polinsaturadas, destas últimas principalmente ómega 6 e algum ómega 3. Por ser fonte de vitamina K, ajuda na normal coagulação do sangue e na manutenção correta dos ossos.

USOS CULINÁRIOS: muito utilizado na cozinha oriental, é indicado para preparar saladas com sabor asiático com adição de gengibre, para doces, sobremesas, bolos e pratos com tofu.

Óleo de abacate
Proveniente do mais “gordo” fruto, este óleo é obtido pelo método de centrifugação e filtragem da polpa dos abacates. O resultado é um óleo com a cor uniforme e sabor e aromas agradáveis, muito semelhante ao azeite. É ideal para cozinhar a altas temperaturas.

BENEFÍCIOS: muito rico em gorduras monoinsaturadas, saudáveis para o coração, contém também luteína, um antioxidante que melhora a saúde dos olhos. Pode ainda ser usado como máscara capilar.

USOS CULINÁRIOS: pode ser usado para fritar e para grelhar, para temperar saladas e outros alimentos e para fazer sopas e pães, por exemplo.

Óleo de Linhaça

É feito utilizando sementes frescas do linho na prensagem, processado a baixas temperaturas, na ausência de luz, calor extremo ou oxigénio e engarrafado preferencialmente em recipientes escuros para não sofrer alterações.

BENEFÍCIOS: naturalmente rico em ácidos gordos insaturados, nomeadamente em ómega 3, este óleo pode ajudar a promover a boa saúde do coração e contribui para cabelos e unhas saudáveis.

USOS CULINÁRIOS: ótimo para temperar vegetais crus, saladas e queijos frescos. Não usar no forno, para cozer ou fritar.

Óleo de Amendoim
Obtido através da prensagem das sementes das vagens de amendoim, este óleo de fácil digestão tem um sabor suave e típico da planta que lhe dá origem. Tem um ponto alto de fumo, mas fica rançoso mais rapidamente do que outros óleos.

BENEFÍCIOS: rico em gorduras monoinsaturadas, ómega 6, arginina e vitamina E, tem propriedades antioxidantes, pelo que combate o envelhecimento precoce e ajuda a melhorar os níveis de colesterol sanguíneo.

USOS CULINÁRIOS: pode ser usado para temperar saladas e vegetais crus, para saltear no wok, para fritar e para cozinhar em geral. Ideal também para pratos orientais e para marinar.

Mais alimentos