Morangos | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Alimento Autêntico

Morangos

home-slider-top

morangos-magazine-fevereiro-2020

O morango pertence ao género Fragaria, da família das Rosáceas (a mesma das maçãs e das rosas) e existem diversas variedades deste fruto que diferem em sabor, tamanho, textura e até na cor – mais ou menos vermelhos ou rosados. Em comum, todas elas têm a mesma forma característica que faz relembrar um coração, uma sedutora e polpa carnuda e uma coroa de pequenas folhas verdes que adorna os seus caules.

Com o seu aroma inconfundível e sabor irresistivelmente agridoce este é, por excelência, o fruto dos apaixonados, associado a momentos românticos, como o Dia dos Namorados, que se comemora este mês, e a ocasiões exclusivas, em que se faz acompanhar de bons champanhes e de chocolates de eleição. Mas não é por esta sua faceta aparentemente sofisticada que o morango deixa de ser um dos frutos vermelhos mais populares e apreciados no mundo, deliciando tanto adultos como crianças, consumido das mais variadas formas, já que é muito versátil a nível gastronómico.

Desde tempos remotos que o morangueiro crescia selvagem nas regiões de clima temperado do globo e só no século XVIII, com o cruzamento de plantas originárias do Chile e do Peru com as existentes na Europa, se deu início, em França, ao cultivo de um híbrido doce e suculento que caiu nas boas graças da nobreza, a classe que consumia os morangos em exclusivo.

Com o passar do tempo, o cultivo do fruto foi-se disseminando por toda a Europa e os morangos chegaram às mesas do povo e começaram a fazer parte do seu receituário. Hoje, podemos encontrá-los no mercado ao longo de todo o ano, mas o pico de produção ocorre durante o mês de abril.

NAS LOJAS CONTINENTE
De sabor doce e muito aromáticos, os morangos disponíveis nas lojas Continente são colhidos cuidadosamente à mão e colocados nas embalagens quando ainda se encontram nos campos. Durante a apanha, apenas são colhidos os morangos que se encontram no ponto ótimo de consumo, para que cheguem às lojas com todo o sabor e aroma que estes frutos podem oferecer. Desta forma, é possível desfrutar-se verdadeiramente de todas as
suas deliciosas características.

BENEFÍCIOS DE CONSUMO

PROMOÇÃO DA SACIEDADE. Com um baixo valor energético e rico em fibra, o morango é um snack perfeito, já que contribui para a sensação de saciedade.
SISTEMA IMUNITÁRIO. Pela riqueza em vitamina C e por ser fonte de folato, o morango contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário.
PROMOÇÃO DE ENERGIA. As vitaminas presentes no morango contribuem para a síntese normal de aminoácidos, para reduzir o cansaço e a fadiga e para uma adequada produção de energia pelo organismo.
CONTROLO DA GLICÉMIA. O morango é uma excelente fonte de fibra e apresenta, simultaneamente, um baixo índice glicémico, duas características que contribuem para uma entrada gradual do açúcar no sangue, ajudando a controlar os níveis de açúcar no sangue (glicémia).
ANTIOXIDANTE. Este fruto possui quantidades consideráveis de vitamina C, a qual promove a proteção das células do organismo contra as oxidações indesejáveis e, juntamente com o conteúdo em polifenóis, confere ao morango uma capacidade antioxidante.
MANUTENÇÃO DA MEMÓRIA. Dos fitoesteróis presentes no morango destaca-se a fisetina, encontrada na maioria dos frutos vermelhos e sobretudo neste, que parece apresentar propriedades neuroprotetoras.

FACTOS E CURIOSIDADES

>O morango médio tem cerca de 200 sementes, que são os pontinhos amarelos que ficam na sua parte externa e que se chamam aquénios. Estes, se se for rigoroso a nível científico, é que são os frutos verdadeiros do morangueiro, o restante é polpa.
>Os romanos da Antiguidade acreditavam que os morangos tinham poderes medicinais. Utilizavam-nos para tratar tudo, desde depressões a desmaios e febres, pedras nos rins, mau hálito e gargantas inflamadas.
> Os morangos podem multiplicar-se através das suas sementes, colocando um fruto na terra.
>A Bélgica tem um museu dedicado aos morangos. Na loja de recordações de Le Musée de la Fraise (O Museu do Morango) pode comprar-se de tudo, desde compota de morango a cerveja de morango.
>Também se podem fazer pickles de morango, especialmente quando estes são apanhados verdes ou ainda sem estarem perfeitamente maduros. Se estiverem demasiado maduros, faça compota!
>Segundo uma lenda, se cortar um morango duplo em dois e partilhar uma das metades com uma pessoa do sexo oposto, em breve ficará apaixonado.
>A 28 de janeiro de 2015 conheceu-se o morango mais pesado de sempre: tinha 250 g e pertencia a Koji Nakao, residente no Japão.
> Os morangos comidos à temperatura ambiente são mais doces do que os morangos frios.

Como escolher
Compre morangos com bom aspeto, de cor vermelho-vivo, com as folhas verdes, sem manchas ou partes amolecidas. Normalmente, quando um dos extremos do fruto se encontra esbranquiçado, é sinal de que ainda não amadureceu o suficiente.

Como conservar
Por se tratar de um fruto muito sensível, deve ser armazenado no frigorífico sem ser lavado, pois a humidade favorece o seu apodrecimento. O período aconselhável de armazenamento é de cerca de dois dias.

Como consumir
ao natural é a forma mais comum de consumo. Mas é igualmente delicioso quando degustado em saladas misturado com outros frutos, em sumos, batidos, smoothies, doces, geleias, compotas, bolos, tortas, tartes, pudins, mousses, xaropes, caldas, licores, gelados, gelatinas e iogurtes. Também pode servir os morangos envolvidos em natas, regados com vinhos generosos, polvilhados com açúcar ou cobertos com chocolate.

Mais alimentos