Cereja | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Alimento Autêntico

Cereja

home-slider-top

Um pequeno fruto doce, suculento, carnudo e irresistível.

Proveniente da cerejeira, árvore de origem asiática, a cereja é um fruto doce, de polpa suculenta. Conforme as variedades, as cerejas podem ser de polpa mais macia ou firme e o seu tamanho variar.

NAS LOJAS CONTINENTE
Uma alimentação saudável começa com a nossa fruta. Nas lojas Continente vai encontrar as melhores cerejas vermelhas ou negras, conforme a variedade. Colhidas à mão com todo o cuidado para não sofrerem danos, apresentam-se suculentas e imaculadas, pelo que terá sempre à sua disposição cerejas deliciosamente doces.

Nos primeiros dias da época deste fruto, vai encontrar predominantemente as variedades de cereja de polpa mais macia (como a Burlat), pois são as que amadurem primeiro. Surgem depois as de polpa mais firme.

CEREJA DO FUNDÃO
São muitas as origens de cereja, mas há uma que se destaca no nosso país: a cereja do Fundão, que no passado mês de março foi classificada, a nível nacional, como produto de Indicação Geográfica (IG) pela Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, após o pedido apresentado pela Cerfundão. Em termos gustativos, é das melhores cerejas do mundo, é também um dos ex-libris daquela região e motivo de orgulho nacional. Trata-se de uma cereja muito doce e de textura firme, características que advêm das condições edafoclimáticas do Fundão. Esta região possui um microclima muito apropriado para a cultura deste fruto, que tem que ver com a proteção oferecida pelas serras da Estrela e a da Gardunha e também com a qualidade dos solos graníticos, o xisto da encosta, o nível de humidade, um número elevado de horas de frio no inverno, primaveras amenas, verões quentes e a proteção dos ventos. Tudo isto conjugado com o saber dos produtores locais, contribui para criar este fruto de excelência.

Para se apresentarem com a marca de “Cereja do Fundão”, na colheita os frutos são avaliados por um conjunto de indicadores, como o calibre, a consistência e a cor. Além de todo o cuidado no manuseamento, de forma a evitar que sofram danos, as cerejas são colhidas no ponto ótimo de maturação e o mais homogéneas possíveis, com pedúnculo e sem folhas, para que os consumidores desfrutem de frutos doces e suculentos. Além dos portugueses, também outros mercados reconhecem esta cereja, pois ela é exportada para todo o mundo.

BENEFÍCIOS
Recuperação mucular. O consumo de cerejas tem vindo a ser associado à melhor capacidade de recuperação muscular após a prática de exercício físico, nomeadamente pelo seu conteúdo em compostos com propriedades antioxidantes, como as antocianinas, a quercetina e alguma vitamina C.
Promove a qualidade do sono. Pela presença de melatonina na sua composição, o consumo de cerejas tem vindo a ser estudado e caracterizado como benéfico na manutenção de um sono regular em indivíduos saudáveis, podendo, inclusive, contribuir para atenuar alguns distúrbios do sono.
Promove a saciedade. O índice glicémico da cereja é baixo e este pequeno fruto é fonte de fibra, duas características que contribuem para uma entrada gradual do açúcar no sangue, ajudando a prolongar a sensação de saciedade.
Antioxidante e anti-inflamatório. O consumo de cereja tem vindo revelar capacidades anti-inflamatórias e antioxidantes, o que a torna num coadjuvante no combate e progressão de algumas doenças inflamatórias crónicas e lesões desportivas.

COMO ESCOLHER
As maiores e mais carnudas são as que têm maior qualidade, pois uma cereja madura é mais pesada face à verde. Na hora de comprar, opte pelas que têm pele limpa, firme, brilhante, sem golpes e manchas. O pedúnculo deve ser verde, fresco e bem preso ao fruto. Evite cerejas moles, pegajosas, engelhadas, rachadas ou podres.

COMO CONSERVAR
As cerejas podem ser guardadas no frigorífico, sem lavar nem tapar. Pode, no entanto, optar por congelá-las para mais tarde as usar em sobremesas. Nesse caso, lave-as bem em água corrente, seque-as e acondicione-as no congelador dentro de sacos plástico.

COMO CONSUMIR
As cerejas podem ser utilizadas em doces, compotas, tortas, bolos, batidos, gelados, smoothies, cocktails, licores ou podem, simplesmente, ser consumidas ao natural.

Mais alimentos