Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:

Boas Escolhas

Vinho branco

Alentejo

Adega Cooperativa de Borba

0,75 L

€ 15,99/uni

4,69
(válido em Portugal Continental de 2017-06-20
a 2017-07-30)

Aspecto límpido, cor citrina bem definida. Boa intensidade aromática, conjugando frutos tropicais e citrinos. Sabor macio, fresco, com predominância do sabor a lima. Final persistente a frutos citrinos.

Vencedor do Prémio Melhor da Região, no Concurso Uva D'Ouro 2017, este é um vinho com boa intensidade aromática, conjugando frutos tropicais e citrinos.

Nota de Prova

As uvas são vindimadas a partir do final de Agosto. Na Adega, após o desengace e esmagamento da uva, a clarificação e fermentação acontecem a temperaturas controladas de forma a preservar as características qualitativas e varietais do mosto.

Sobre o Produtor

No dia 24 de Abril de 1955 a convite da Direção do Grémio da Lavoura de Borba, reuniu-se um grupo de viticultores com a intenção de fundar a Adega de Borba. No dia 30 do mês de Abril de 1955 tomou posse em Borba a primeira Direção da Adega Cooperativa de Borba. Fundada em 1955, a Adega de Borba foi a primeira de uma série de Adegas constituídas no Alentejo, com o incentivo da então Junta Nacional do Vinho, numa altura em que o setor não tinha o protagonismo que hoje tem na economia regional. De facto, não fosse esse empurrão decisivo dado pelo referido organismo estatal, que assim permitiu uma organização comercial e de transformação para os vinhos do Alentejo, a cultura da vinha teria desaparecido completamente da região, pois todos os incentivos da época estavam virados para a cultura dos cereais, e fazer do Alentejo o celeiro do País era uma política mais que consolidada para a época.

Vinificação/Estágio

Roupeiro, Fernão Pires, Arinto