José Maria da Fonseca | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

José Maria da Fonseca

home-slider-top

José Maria Da Fonseca

Inovação e tradição – um título que poderia qualificar de imediato o trabalho da José Maria da Fonseca. Um negócio de família com quase dois séculos de história que, sem nunca repousar sobre as glórias conquistadas, tem sabido modernizar-se.

A José Maria da Fonseca exerce a atividade vinícola desde 1834, fruto da paixão partilhada de uma família que, ao longo do tempo, tem preservado e projetado a memória e o prestígio do seu fundador.
Consciente da responsabilidade de ser o mais antigo produtor de vinho de mesa e de Moscatel de Setúbal em Portugal, a José Maria da Fonseca obedece a uma filosofia de permanente desenvolvimento, o que a leva a investir sempre mais em suportes de investigação e de produção, aliando as mais modernas técnicas ao saber tradicional. Um exemplo disso é a Adega José de Sousa Rosado Fernandes, em Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, onde a tradição romana de fermentar em potes de barro se mantém, a par da última tecnologia.
Continuando a investir em produtos de referência a nível internacional, sempre pautados pela qualidade, esta empresa tem contribuído de forma decisiva para a divulgação e o prestígio dos vinhos nacionais.
Dos quase 700 hectares de vinhas e de uma adega dotada de tecnologia de última geração, que rivaliza com as melhores do mundo, resultam vinhos verdadeiramente irrepreensíveis.
Além de todos estes recursos utilizados na produção dos seus vinhos, o que mais caracteriza o trabalho na José Maria da Fonseca é uma enorme paixão pela arte de fazer vinho. É esta paixão, despertadora de emoções, que a José Maria da Fonseca partilha com o consumidor, cada vez que este prova um dos seus vinhos


Domingos Soares Franco - Enólogo e Representante

Representante mais novo da sexta geração da família que desde a fundação preside aos destinos da José Maria da Fonseca, Domingos Soares Franco é, para além de vice-presidente, o enólogo principal da empresa. Foi o primeiro português a obter a Licenciatura em Ciências de Fermentações (Viticultura e Enologia) pela Faculdade de Agricultura e Ciências Ambientais da Universidade da Califórnia em Davis, EUA. Tal facto assume especial importância uma vez que o influenciou na forma como olha e vê a vinha e o vinho, conjugando a história e tradição de uma empresa centenária, com a aprendizagem e inovação que trouxe de uma das mais avançadas escolas de Enologia do Mundo. Embora assine todos os vinhos da empresa, existem alguns que reserva para si como especiais. Chamou-lhes Domingos Soares Franco – Coleção Privada. Estes vinhos resultam da combinação de alguns fatores: a sua formação em Davis, a influência do seu tio António Porto Soares Franco, a disponibilidade dos 650 hectares de vinhas da José Maria da Fonseca e a Coleção Ampelográfica “Soares Franco” plantada na Quinta de Camarate.


Fotografias da Quinta José Maria da Fonseca