Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:

Blog

Vinho e Verão. Qual a ligação?

| Comer, Beber e Lazer

21-06-2017 00:06

O calor aperta, as praias estão cheias, cheira a verão, apetece o churrasco, o petisco à base de mariscos, as saladas cheias de cor e precisamos da combinação ideal no copo para este momento do ano.

Ao contrário do que muitos poderão imaginar o vinho continua a ser o parceiro ideal para um dia com temperaturas mais elevadas. Escolher o tipo de vinho apropriado para cada momento e a servi-lo à temperatura ideal deixou de ser tarefa só para os mais entendidos.

O verão acabou de chegar e os momentos descontraídos e de partilha com a família e amigos multiplicam-se. Fator em comum: os dias compridos e de calor. No copo pede-se algo que combata o valores elevados da temperatura e ao mesmo tempo vinhos que casem com o que nos vai passando pelo prato. Vinho e verão, haverá ligação? Claro que sim.

O verão é tempo de brancos, de verdes, de rosés e de espumantes, mas também de alguns tintos mais frescos e com menor concentração que, por certo, em prova num copo opaco, poderiam muito bem enganar e passar por brancos. Mas no fundo é isto, precisamos de vinhos mais citrinos, mais frescos, mais leves pois a comida que normalmente vai à mesa nesta altura nem sempre precisa de complexidade e peso que muitos outros trazem.

Mas nem sempre precisamos de comida. Queremos algo que nos refresque, que nos faça companhia numa conversa a dois, à beira da piscina, com os pés a ondular dentro de água ou na esplanada simplesmente a contemplar o nosso Portugal fantástico. Neste caso vinhos leves, secos, baixo teor de álcool, prefira os menos doces e inove.

Em vez de uma qualquer bebida destilada experimente um porto branco seco ou extra seco. Apenas fresco ou junte-lhe gelo, água tónica e umas folhas de hortelã. Um Porto Tonic começa a ser uma receita de aposta segura.

E não esquecer que o verão rima com um alegre e ruidoso tchim, tchim!

,