Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:

Blog

Receita: Gelatina de espumante

| Gourmets Amadores

16-05-2017 14:05

Gelatina de vinho? Só para adultos. Por uma vez deixamos as crianças fora dos planos para a sobremesa e servimos copos que são de comer e que enganam os mais distraídos. Dizem os escanções que as flutes de pouco servem para quem quer apreciar a preceito os espumantes e não são mais do que copos elegantes e bonitos, sem especial serventia. Em vez de as deixar no armário, nada como usá-las quando chegar a hora do doce para criar sensação no final do jantar.

Escolha-se um espumante, branco ou tinto, consoante a disponibilidade da garrafeira ou a vontade de ter uma sobremesa mais ou menos colorida. Com a ajuda da gelatina, solidifica-se o líquido ainda com algum gás: as bolhinhas ficam presas numa textura que treme assim se mete a colher e, para completar a ilusão, até há uma espuma fingida. Entre a surpresa e o divertimento, não há-de haver quem se oponha a uma nova forma de servir espumante no final da refeição. Com colher!

Flutes de gelatina de espumante

750 ml de espumante, gelado
400 ml de água
200 ml de água com gás, gelada
150 g de açúcar branco
9 folhas de gelatina
1 colher (sopa) de natas

Guarde 8 flutes no frigorífico, para que fiquem frias.

Prepare uma tigela grande, onde caiba o tacho que vai usar, com gelo. Coloque 400 ml de água e o açúcar no tacho e aqueça durante 1 minuto (ou até dissolver o açúcar). Demolhe as folhas de gelatina numa tigela com água. Retire a mistura do lume e adicione a gelatina escorrida, mexendo sempre, até dissolver totalmente. Arrefeça o tacho durante 3-4 minutos (mexa ocasionalmente). Verta a mistura num jarro grande e adicione o espumante e a água gaseificada, muito frios. Reserve cerca de 150 ml desta mistura numa tigela. Deite a restante gelatina nas flutes e refrigere 45 minutos. Com uma vara de arames, bata as natas com a mistura de gelatina reservada até fazer espuma. Distribua pelas flutes e leve de novo ao frio para solidificar (mínimo 2 horas ou de um dia para o outro). Sirva fresco, com colheres de galão.

,