--- | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Blog

Tem bolhinhas, é Espumante!

| Comer, Beber e Lazer

28-09-2017 17:09

As bolhinhas entraram definitivamente na moda e quando me refiro a bolhinhas não estou a falar de bebidas refrigerantes gaseificadas de fruta, a águas com gás ou mesmo ao tão famoso champanhe. Falo naturalmente das nossas bolhinhas, as bolhinhas dos Espumantes nacionais.

O tradicional consumidor de espumantes em Portugal comprava e bebia espumantes principalmente em duas, vá lá três ocasiões por ano. Quando alguém fazia festa de aniversário e na abertura do respetivo bolo se abria uma garrafinha (do mais adocicado) e se bebia, literalmente, uma tacinha. Também em casamentos era habitual assistir àquelas mirabolantes fontes de espumante aquando da abertura, mais uma vez, do bolo. Desta feita o bolo dos noivos. Por último, todo o final do ano tinha uma rolha de espumante a rebentar estrondosamente perto das doze badaladas e a bater no tecto das casas.

Recordo muito bem estes momentos em família quando era bem pequeno. Não lhe podia chegar o bico, mas encantava-me o facto de saber que se havia aquela bebida com bolhinhas então o dia era especial.

Hoje em dia o consumidor de espumante mudou e para melhor. Sabe o que bebe, como beber e, principalmente, sabe que para beber espumante não é necessariamente obrigatório haver bolo e badaladas no ar.

O espumante bebe-se hoje com qualquer refeição e a qualquer hora do dia. Até no pequeno almoço há essa possibilidade. Um verdadeiro Ás na harmonização à mesa, versátil, fresco e, sendo a escolha pelos Bruto ou Bruto Natural até com menos calorias que qualquer outro vinho.

Se entrarmos num local onde a bebida de alguém tenha bolhinhas então podemos cada vez mais pensar na hipótese de ser espumante.

,