--- | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Blog

A esplanada pede um copo de vinho

| Comer, Beber e Lazer

30-05-2018 10:05

Quando penso no Verão e no calor que por cá faz penso também quase de imediato em ir sentar-me numa esplanada, relaxar e beber alguma coisa fresca, com ou sem algo também para ir mordiscando. As esplanadas são maravilhosas para descansar, verdadeiramente relaxar e sem a companhia de, pelo menos, uma bebida nem sequer as consigo imaginar.

Habitualmente as bebidas de eleição não incluem o vinho. Somos mais afectos à cerveja, aos refrigerantes e às águas, mas com a cada vez maior oferta de vinho a copo e com a qualidade de serviço de mãos dadas só temos boas razões para sorrir e começar a escolher um copo de vinho para nos fazer companhia à esplanada.

O espumante, o vinho rosé e brancos são ideais para os dias em que procuramos maior frescura e ao mesmo tempo, para além de refrescarem tanto temos opções para serem bebidos sem nada para trincar, como conseguem ser versáteis ao ponto de acompanharem desde frutos secos, como os tradicionais amendoins e cajus, e onde o espumante bruto ou bruto natural fará um casamento especial, como também acompanhar o tremoço, umas azeitonas bem temperadas, uns petiscos à base de peixe, de conservas portuguesas ou mesmo dos tão apetecíveis caracóis ou da imperdível Amêijoa à Bolhão Pato.

O vinho tinto também vai à esplanada. A oferta diversificada no perfil de vinhos tintos permite que a frescura continue a ter um papel principal e, com o devido aconselhamento, será a harmonização perfeita para, por exemplo, um belo e suculento hambúrguer.

Se estiver numa onda diferente saiba que o vinho do Porto, o Moscatel, o Madeira ou outro fortificado qualquer também são de excelente alternativa. Sempre servidos a temperaturas mais frescas podem juntar-se com excelência a chocolate, frutas passificadas, gelados e doces.

E tudo isto só juntado vinho à sua esplanada preferida.

Tchim, tchim!

,