--- | Chef Continente
Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:
Dieta:

Blog

Gelados de Vinho Para Comer Com Moderação

| Comer, Beber e Lazer

26-08-2018 12:08

No verão o que é que apetece? Gelados!! Mas o que é que também gostamos consumir para refrescar?? Um copo de vinho fresco!!! E porque é que não podemos juntar os dois e comer um gelado de vinho??? Podemos sim Senhor!!! Podemos??

Os gelados de vinho já existem há muitos anos, mas só mais recentemente se começou a publicitar de forma mais séria e também a apostar verdadeiramente. É cada vez mais um mercado de gelados de luxo que é onde se quer colocar esta gama de produtos.

Nos Estados Unidos da América é já muito habitual existirem gelados de vinho, basicamente feitos a partir das castas mais consumidas por lá, como o Merlot, uma casta tinta, ou o Chardonnay, uma casta branca. Por terras lusas, também já não é invulgar encontrar de Moscatel de Setúbal, de Abafado à base de Fernão Pires, de Vinho do Porto ou mesmo de blends de vinho tinto e branco associado a determinado produtor ou região. Os gelados de vinhos chegaram e vêm para ficar.

Evidentemente não os conseguimos encontrar nos normais locais de venda de gelados em massa, muito associados à venda de gelados para crianças, mas em muitas geladarias seleccionadas encontrá-los será banal.

Neste verão, esta é uma das experiências a ter em conta para refrescar o corpo e mente com vinho ou, melhor dizendo, com um produto à base de vinho. Em geladarias artesanais encontrará algumas opções especiais principalmente à base de vinhos fortificados ou licorosos que resultam em gelados deliciosos, equilibrados e refrescantes.

Para além disso, são sempre excelentes opções para uma harmonização diferente. O gelado de Vinho do Porto e figos ou chocolate fará um momento de excepção.

Só um à parte. Neste conceito de gelados de vinho não devem ser incluídos aqueles blocos de gelo que, por azar ou esquecimento, resultam daquela garrafa que se deixou esquecida na arca frigorífica para refrescar mais rápido.

Como em tudo há apenas um senão. A grande maioria deles continuam a conter álcool. Logo, nunca é demais sugerir que se comam com moderação.

,